Bem Vindo!

RHODIOLA ROSEA 340mg - para depressão leve/moderada (30 cápsulas)

Disponibilidade: Em estoque

De: R$59,00

Por: R$49,00

Descrição Rápida

 


         Administrada na dose de 340mg ao dia promove atividade antidepressiva.


         Houve melhora estatisticamente significativa dos sintomas como insônia, instabilidade emocional e somatização, além dos sintomas depressivos gerais em pacientes com depressão.


         ** Foto meramente ilustrativa

RHODIOLA ROSEA 340mg - para depressão leve/moderada (30 cápsulas)

Detalhes

 

        Descrição

 

        A Rhodiola rosea é um fitoterápico que tem sido utilizado há décadas por muitas pessoas ao redor do mundo, no alívio da ansiedade diária, depressão e insônia. Segundo os resultados de um estudo, a Rhodiola rosea apresenta propriedade adaptogênica, sendo suas substâncias ativas: o salidrosídeo, a rosina, a rosavina, a rosarina e o tirosol, que são principalmente encontradas no rizoma.

 

        Mecanismo de Ação

 

        • Os componentes ativos do rizoma de Rhodiola rosea atuam no SNC, aumentando a habilidade de concentração e a capacidade física e mental;

        • Os efeitos da Rhodiola rosea parecem ser atribuídos a sua habilidade de otimizar os níveis de serotonina e dopamina, devido à inibição da MAO, além de promover influência sobre os peptídeos opióides como as beta-endorfinas ;

        • Além disso, Rhodiola rosea apresenta atividade antioxidante.

 

        Estudos comprovaram:

 

        O tratamento com o extrato de Rhodiola rosea promoveu melhora significativa nos sintomas da DAG (distúrbio de ansiedade generalizada), com redução dos escores da HARS similar aos encontrados em outras triagens clínicas. Esses achados preliminares requerem mais estudos clínicos para avaliação (2). J Altern Complement Med. 2008 Mar;14(2):175-80.

        Resultados de um estudo conduzido em camundongos confirmaram os efeitos adaptogênicos da Rhodiola rosea. De acordo com os dados, o extrato de Rhodiola rosea, administrado como dose única, induziu efeitos adaptogênico e estimulante (5). Phytother Res. 2007 Jan;21(1):37-43.

        Segundo resultados de um estudo conduzido por pesquisadores russos, Rhodiola rosea apresenta propriedade adaptógena, pois aumenta a resistência a uma variedade de estressores físicos, biológicos e químicos. Seus benefícios ainda incluem atividade cardioprotetora e melhora das atividades do SNC (4). Altern Med Rev. 2001 Jun;6(3):293-302.

 

        Modo de usar: Tomar 1 cápsula de 340mg ao dia.

 

        Efeitos adversos, Contra-indicações e Interações medicamentosas: Não encontrados na literatura pesquisada.

 

        Referências Bibliográficas

 

        1. Darbinyan V, Aslanyan G, Amroyan E, Gabrielyan E, Malmström C, Panossian A. Clinical trial of Rhodiola rosea L. extract SHR-5 in the treatment of mild to moderate depression. Nord J Psychiatry. 2007;61(5):343-8. Erratum in: Nord J Psychiatry. 2007;61(6):503.

        2. Bystritsky A, Kerwin L, Feusner JD. A pilot study of Rhodiola rosea (Rhodax) for generalized anxiety disorder (GAD). J Altern Complement Med. 2008 Mar;14(2):175-80.

        3. Kucinskaite A, Briedis V, Savickas A. [Experimental analysis of therapeutic properties of Rhodiola rosea L. and its possible application in medicine] Medicina (Kaunas). 2004;40(7):614-9.

        4. Kelly GS. Rhodiola rosea: a possible plant adaptogen. Altern Med Rev. 2001 Jun;6(3):293-302.

        5. Perfumi M, Mattioli L. Adaptogenic and central nervous system effects of single doses of 3% rosavin and 1% salidroside Rhodiola rosea L. extract in mice. Department of Experimental Medicine and Public Health, University of Camerino, Via Scalzino 3, 62032 Camerino (MC), Italy. marina.perfumi@unicam.it Phytother Res. 2007 Jan;21(1):37-43.

        6. Reynolds CF 3rd, Dew MA, Pollock BG, Mulsant BH, Frank E, Miller MD, Houck PR, Mazumdar S, Butters MA, Stack JA, Schlernitzauer MA, Whyte EM, Gildengers A, Karp J, Lenze E, Szanto K, Bensasi S, Kupfer DJ. Maintenance treatment of major depression in old age. Advanced Center for Intervention and Services Research for Late-Life Mood Disorders, University of Pittsburgh School of Medicine, Western Psychiatric Institute and Clinic, PA 15213, USA. reynoldscf@upmc.edu N Engl J Med. 2006 Mar 16;354(11):1130-8. Comment in: N Engl J Med. 2006 Mar 16;354(11):1189-90.

        7. Martindale, The complete drug reference, thirty-five edition.

 

        ** Consulte o farmacêutico

 

 


Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.

Razão Social: Acácia de Americana Farmácia e Manipulação Ltda-ME
Nome Fantasia: Acácia Farmácia de Manipulação
CNPJ: 04.641.236/0001-68
I.E.: 165.309.985.110
Horário de funcionamento: Seg a Sex: 8:00h as 18:00h Sab: 8:00h as 12:00h
Tel.: (19) 3406-1227

Farmacêutica responsável: Emanuela dos Santos Fajardo Manzi (CRF.: 21749)
Farmacêutica co-responsável: Roberta de Almeida Travassos (CRF.: 38484)

Autorização Especial AE.: 1.36069.9
Autorização de Funcionamento AFE.: 0.09597.1
Licença Municipal.: 350160801-477-000067-1-8
Certidão de Regularidade CRF.: 37141

Portal da ANVISA: http://portal.anvisa.gov.br
Consulta de CRF: http://www.crfsp.org.br

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação da receita ou envio por fax ou e-mail.
É proibido comercializar medicamentos controlados por meio remoto.
Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico.