Bem Vindo!

LEUCINA 3500mg (20 doses)

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$94,00

Descrição Rápida

 


- Auxiliar na recuperação do músculo esquelético no pós-exercício físico


- Anabolismo protéico


- Aumento na performance mental e física


- Aumento na resistência física


** Foto meramente ilustrativa

LEUCINA 3500mg (20 doses)

Detalhes

 

Exercícios de força, Nutrientes e Hipertrofia Muscular

 

O exercício tem profundo efeito no crescimento muscular. A hipertrofia ocorre apenas se a síntese protéica muscular exceder a sua quebra. É necessário haver um balanço protéico positivo. O exercício de resistência melhora este balanço, mas, na ausência de ingestão de alimento, o balanço permanece negativo (catabolismo). Sendo assim, a determinação da resposta anabólica ao exercício e à nutrição é importante para indivíduos que queiram se beneficiar do aumento da massa muscular. Sabe-se que ingestão de aminoácidos livres após exercício de resistência estimula a síntese da rede muscular protéica.

 

Leucina e Regulação da Síntese Protéica Muscular

 

Atividades físicas de alta performance e a recuperação pós-exercício levam a mudanças significativas no metabolismo protéico e de aminoácidos no músculo esquelético. A principal dessas mudanças é um aumento no metabolismo do aminoácido de cadeia ramificada (BCAA) leucina. Após sessões de exercício aeróbico, anaeróbico lático e exercício prolongado, os níveis séricos ou plasmáticos de leucina diminuem significativamente para respectivamente 22%, 6,5% e 30%, em média. No músculo esquelético, há uma diminuição no nível de leucina e uma redução no estoque de glicogênio durante o exercício aeróbico exaustivo. Sendo assim, o consumo de BCAA (30 a 35% de leucina) antes ou durante os exercícios de endurance pode prevenir ou diminuir a taxa de degradação protéica e pode melhorar ambas as performances mental e física.

 

Leucina promove anabolismo muscular e diminui proteólise no músculo

 

De acordo com um estudo conduzido por Mero A. e publicado no Sports Medicine, durante o exercício físico ocorrem diminuições significativas dos níveis plasmáticos ou séricos de leucina. A tabela abaixo mostra a atividade e a redução (%) correspondente:

 

Sessão aeróbica - 11 a 33%

Sessão anaeróbica lática - 5 a 8%

Exercício de resistência - 30%

 

Também consta que no músculo esquelético, há uma diminuição no nível de leucina e uma redução nos estoques de glicogênio durante o exercício exaustivo aeróbico.

 

Descrição

 

- Leucina é um aminoácido essencial, ou seja, não é sintetizado pelo organismo, devendo ser fornecido pelos alimentos.

- Leucina, isoleucina e valina, os aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA), compreendem cerca de um terço das proteínas do músculo.

- Entre eles, a leucina tem sido a mais amplamente investigada, pois sua taxa de oxidação é maior quando comparada à isoleucina ou valina.

 

Propriedades

 

- A leucina estimula a síntese protéica no músculo e é estritamente associada com a liberação de precursores gliconeogênicos, tais como a alanina do músculo.

- Assume-se que o conteúdo de leucina na proteína varia entre 5 e 10%.

- Estudos mostram que este aminoácido é capaz de produzir uma completa recuperação do nível de glicogênio e da taxa fracional de síntese protéica no músculo esquelético após exercício físico.

 

Indicação

 

- Auxiliar na recuperação do músculo esquelético no pós-exercício físico;

- Anabolismo protéico;

- Aumento na performance mental e física;

- Aumento na resistência física;

- 50 mg/kg/dia

 

Mero A. Leucine supplementation and intensive training. Sports Med. 1999 Jun;27(6):347-58.  

Tipton KD, Wolfe RR. Exercise, protein metabolism, and muscle growth. Int J Sport Nutr Exerc Metab. 2001 Mar;11(1):109-32.

 

Efeitos adversos, contra-indicações e interações medicamentosas

 

Não encontrado na literatura pesquisada.

 

Mecanismo de Ação

 

A estimulação da síntese proteica é associada com a ativação de fatores iniciação da tradução tais como 4E e 4G e a proteína ribossomal S6 sob controle regulatório da sinalização da insulina intracelular e concentração de leucina.

 

Após o exercício, a recuperação da síntese protéica muscular requer suplementação protéica ou de BCAA a fim de aumentar os níveis de leucina para que ocorra a ativação da proteína quinase mTOR (alvo da rapamicina em mamíferos) e como conseqüência, a fosforilação do complexo do fator 4. O efeito da leucina é potencializado com a insulina através da via de sinalização fosfoinositol 3-quinase.

 

A ativação da mTOR resulta na fosforilação da proteína ribosomal S6 quinase (S6K1) e do fator de iniciação eucariótico 4E (4E-BP1), duas proteínas envolvidas na fase de iniciação da síntese protéica.

 

* Nota: Embora os estudos apontem esses resultados, a resposta pode variar de pessoa para pessoa. 

 

Composição por dose

 

Leucina 3500mg

Frasco com 20 doses

Apresentação: em cápsulas

 

 

Modo de usar 

 

Tomar 1 dose de 3500mg de Leucina ao dia.

 

________________________________________________________________________________________

Referências

 

1. Mero A. Leucine supplementation and intensive training. Sports Med. 1999 Jun;27(6):347-58.

2. Tipton KD, Wolfe RR. Exercise, protein metabolism, and muscle growth. Int J Sport Nutr Exerc Metab. 2001 Mar;11(1):109-32.

3. Tipton KD, Elliott TA, Cree MG, Wolf SE, Sanford AP, Wolfe RR. Ingestion of casein and whey proteins result in muscle anabolism after resistance exercise. Med Sci Sports Exerc. 2004 Dec;36(12):2073-81.

4. Norton LE, Layman DK. Leucine regulates translation initiation of protein synthesis in skeletal muscle after exercise. J Nutr. 2006 Feb;136(2):533S-537S.

5. Koopman R, Wagenmakers AJ, Manders RJ, Zorenc AH, Senden JM, Gorselink M, Keizer HA, van Loon LJ. Combined ingestion of protein and free leucine with carbohydrate increases postexercise muscle protein synthesis in vivo in male subjects. Am J Physiol Endocrinol Metab. 2005 Apr;288(4):E645-53. Epub 2004 Nov 23.

6. Lynch CJ, Patson BJ, Anthony J, Vaval A, Jefferson LS, Vary TC. Leucine is a direct-acting nutrient signal that regulates protein synthesis in adipose tissue. Am J Physiol Endocrinol Metab. 2002 Sep;283(3):E503-13.

7. Dr. Efrain Olszewer. ABC da Medina Ortomolecular. 1ª Edição. 1997.

8. Anthony JC, Anthony TG, Layman DK.Leucine supplementation enhances skeletal muscle recovery in rats following exercise. J Nutr. 1999 Jun;129(6):1102-6.

9. Kerksick CM, Rasmussen CJ, Lancaster SL, Magu B, Smith P, Melton C, Greenwood M, Almada AL, Earnest CP, Kreider RB. The effects of protein and amino acid supplementation on performance and training adaptations during ten weeks of resistance training. J Strength Cond Res. 2006 Aug;20(3):643-53.

10. Thomson JS. beta-Hydroxy-beta-Methylbutyrate (HMB) supplementation of resistance trained men. Asia Pac J Clin Nutr. 2004;13(Suppl):S59.

11. Flakoll P, Sharp R, Baier S, Levenhagen D, Carr C, Nissen S. Effect of beta-hydroxy-beta-methylbutyrate, arginine, and lysine supplementation on strength, functionality, body composition, and protein metabolism in elderly women. Nutrition. 2004 May;20(5):445-51.

 

Consulte o farmacêutico 

"Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista"

Produto manipulado 

 

 


Você pode também estar interessado nos seguintes produtos

BCAA (30 doses)

BCAA (30 doses)

R$108,00
     

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.

Razão Social: Acácia de Americana Farmácia e Manipulação Ltda-ME
Nome Fantasia: Acácia Farmácia de Manipulação
CNPJ: 04.641.236/0001-68
I.E.: 165.309.985.110
Horário de funcionamento: Seg a Sex: 8:00h as 18:00h Sab: 8:00h as 12:00h
Tel.: (19) 3406-1227

Farmacêutica responsável: Emanuela dos Santos Fajardo Manzi (CRF.: 21749)
Farmacêutica co-responsável: Roberta de Almeida Travassos (CRF.: 38484)

Autorização Especial AE.: 1.36069.9
Autorização de Funcionamento AFE.: 0.09597.1
Licença Municipal.: 350160801-477-000067-1-8
Certidão de Regularidade CRF.: 37141

Portal da ANVISA: http://portal.anvisa.gov.br
Consulta de CRF: http://www.crfsp.org.br

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação da receita ou envio por fax ou e-mail.
É proibido comercializar medicamentos controlados por meio remoto.
Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico.